Cidades

Apucarana republica edital de licitação do transporte coletivo

| Edição de


A Prefeitura de Apucarana destravou nesta semana o processo de licitação do serviço público de transporte coletivo urbano de passageiros. O edital chegou a ser publicado em junho, mas precisou ser suspenso dias depois devido a ameaças de impugnação por parte das empresas. Com a resolução do impasse, o documento que norteia a contratação, via concorrência pública, está sendo republicado hoje. 
Todo o processo, contudo, volta à estaca zero. “Poderão participar empresas de todo o Brasil, que terão 30 dias para juntar a documentação e protocolar os envelopes com as propostas, que serão abertas no dia 13 de novembro, às 9 horas, na sala de licitações da prefeitura”, explicou Márcio Cézar Pereira Lima, diretor de Compras e Licitação da prefeitura, que lembra que o edital está disponível nos diários oficiais da União e do Município, o Jornal Tribuna do Norte, e também no Diário Oficial Eletrônico alojado no site www.apucarana.pr.gov.br. 
Até o momento da suspensão, quatro empresas haviam retirado edital e manifestado interesse no contrato. Ao todo, lembra o diretor de licitações da prefeitura, foram 32 questionamentos. “Todas as questões apresentadas passaram por criteriosa análise por parte da comissão de licitação e pela procuradoria jurídica municipal, sendo que nem todas foram acatadas”, revelou Lima.
O transporte coletivo em Apucarana funciona desde 1974, através de uma permissão precária e pela primeira vez na história será licitado. "A empresa interessada deverá ter estrutura adequada, capital social sólido e já ter prestado serviço em cidades com mais de 100 mil habitantes”, reforça Carlos Mendes, superintendente de Segurança Trânsito e Transporte do Instituto de Desenvolvimento, Pesquisa e Planejamento de Apucarana (Idepplan). A licitação reaberta é na modalidade concorrência pública menor tarifa. A empresa vencedora vai operar o sistema pelo período de 15 anos, com estimativa de faturamento bruto anual na ordem de cerca de R$336,219 milhões em valores atuais.
O serviço que atualmente é prestado pela Viação Apucarana Ltda (VAL) conta com 65 ônibus e 29 linhas, com fluxo diário estimado em 21 mil passageiros. “Esse número foi elevado para 70 ônibus e 33 linhas, sendo que 100% dos ônibus terão Wi-Fi, ar condicionado, adaptação para cadeirantes e utilização de combustível ecológico”, frisa Carlos Mendes, superintendente de Segurança, Trânsito e Transporte do Instituto de Desenvolvimento, Pesquisa e Planejamento de Apucarana (Idepplan).