Política

Apucarana vai liberar R$ 6,3 milhões em pagamento de 13º salário

| Edição de

O prefeito de Apucarana, Junior da Femac (PSD), após reunião mantida nesta terça-feira com a secretária da Fazenda, Sueli Pereira, anunciou a decisão de antecipar em trinta dias a liberação da primeira parcela do 13º salário aos servidores públicos municipais. De acordo com a secretária, na terça-feira, dia 15 de junho, a primeira parcela do 13º salário de 2021 estará creditada nas contas bancárias de todos os servidores públicos municipais. 
No total serão R$ 6,4 milhões injetados na economia local, contribuindo para o aquecimento das vendas do comércio neste momento de dificuldades para todos, geradas pela pandemia, inclusive com altas de preços nos alimentos. 
Conforme assinala o prefeito Junior da Femac, a disponibilidade dos recursos é resultado de muito planejamento financeiro, que tem permitido a manutenção das contas públicas rigorosamente em dia. “Essa linha de trabalho foi adotada desde a gestão do ex-prefeito Beto Preto. É importante lembrar também que meu avô e minha mãe foram servidores públicos e que tive deles o bom exemplo de organização e planejamento, visando manter os compromissos sempre em dia”, comentou o prefeito.
O prefeito faz questão de reiterar que, desde janeiro de 2013, na administração do prefeito Beto Preto, e depois na sua gestão, os salários e o 13º, além de todos os encargos sociais, vêm sendo pagos rigorosamente em dia. “Essa é uma obrigação do gestor público, mas vale lembrar que antecessores deixaram de pagar encargos sociais – como FGTS e INSS - e usavam recursos impróprios para a folha de pagamento, gerando dívidas que até hoje estão sendo amortizadas”, argumentou.
O prefeito acrescenta ainda que a liberação de metade do 13º atende também a uma reivindicação do Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Apucarana e Região (Sidspa).