Cidades

Banalização da violência preocupa toda sociedade

| Edição de

A população de São João do Ivaí ainda está chocada com o assassinato de Vanessa Formentini, de 26 anos, no último sábado. A jovem foi morta dentro de casa, quando saía para trabalhar no mercado da família. O autor do crime foi preso na segunda-feira. É um rapaz de 19 anos. Cleiton de Souza Gomes trabalhava em uma oficina mecânica na rua da casa de Vanessa. À Polícia Civil, ele disse que invadiu a residência para furtar o carro da vítima e não sabia que ela estava no local. Reconhecido por Vanessa, ele decidiu matá-la. A banalização da violência é assustadora. Uma jovem, com toda a vida pela frente, teve seu futuro interrompido por um ato brutal de um outro jovem, que precisa ser punido com rigor.