Política

‘Centrão’ apoia mudança da eleição e Rodrigo Maia nega consenso

| Edição de

A proposta de emenda à Constituição (PEC) que adia para novembro as datas das eleições municipais deste ano ganhou o apoio de deputados antes resistentes à iniciativa. Congressistas do PP, PL e Republicanos estavam resistentes a votar, mas decidiram apoiar o texto. No entanto, mesmo com o apoio do grupo de parlamentares, o presidente da Câmara, Rodrigo Maia, ainda nega que haja votos suficientes para aprovar a medida.