Cidades

Comerciantes querem revogar lockdown em Rosário do Ivaí

| Edição de

Documento protocolado na Prefeitura de Rosário do Ivaí, assinado por 45 empresários locais, pede ao prefeito Ilton Shiguemi Kuroda (PSD) a revogação do decreto que proíbe a abertura do comércio aos sábados e domingos e a venda de bebidas alcoólicas em qualquer dia da semana no período de 28 de maio a 14 de junho. Tais medidas foram aprovadas em recente reunião da Associação dos Municípios do Vale do Ivaí (Amuvi), porém a comunidade de Rosário do Ivaí, através de seus representantes, não vê necessidade dessas medidas drásticas na cidade.
Comerciantes reclamam que não têm sido ouvidos pela administração municipal no tocante à eficácia dessas medidas. Eles pedem que o prefeito ao menos marque uma audiência pública para que todos, em conjunto, possam encontrar o melhor caminho de combate ao avanço da pandemia do novo coronavírus.
De acordo com documento assinado pelos comerciantes, existem pontos de restrições da pandemia que nada têm a ver com a realidade de Rosário do Ivaí, principalmente o suposto aumento significativo de casos positivados no município.
Os comerciantes citam leis federais e até o decreto estadual que não rezam medidas dão drásticas. Eles citam ainda o próprio decreto do governador Ratinho Junior (PSD), que flexibilizou o toque de recolher para bares, restaurantes e lanchonetes. 
Na manhã de ontem, um grupo de empresários foi até a Prefeitura, porém não encontrou o prefeito no gabinete. Eles foram recebidos por um funcionário, que informou apenas que o atendimento presencial em órgãos públicos está suspenso. A reportagem da Tribuna tentou contato com o prefeito pelo celular, porém todas as ligações caíram na caixa postal.