Cidades

Dispara procura por vacina contra meningite

| Edição de

A divulgação da morte de Arthur Araújo Lula da Silva, de 7 anos, neto do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, ocorrida no dia 1º de março, e do adolescente João Pedro Ferrari, 16 anos, que morreu no mesmo dia em Capanema, ambos vítimas de meningite meningocócica, causou uma corrida por vacinas contra a doença mas unidades básicas de saúde - que registram aumento de at[e 50% - e nas clínicas de imunização da região. 
Em Apucarana, as doses da meningocócica B e ACWY, disponíveis apenas na rede privada, se esgotaram em apenas 4 horas. Na sexta-feira, não havia vacinas disponíveis em nenhuma das clínicas particulares de Apucarana. Na rede privada, o imunizante varia entre R$ 300 e R$ 500. Segundo Andreia Nicoli, supervisora da Clínica Unimed, a dose da meningo B se esgotou rapidamente nesta semana. “Recebemos 70 doses e elas acabaram em apenas 4 horas. Já as ACWY que estavam em nosso estoque, mais preciosamente 52 vacinas, também se esgotaram na última quinta-feira”, explica Andreia, que acredita que a ‘corrida’ foi causada por conta dos casos recentes. “Apesar da grande procura, não temos uma data certa para a reposição dessas doses”, explica. Em outra clínica da rede particular de Apucarana, as vacinas meningo B e ACWY também estão em falta e sem previsão de chegada. 
A comoção em torno da doença também traz reflexos na rede pública de saúde. Segundo o coordenador do setor de epidemiologia em Apucarana, Luciano Pereira da Silva, a procura pela vacina meningo C, distribuída pelo SUS, aumentou consideravelmente nos últimos dias. “A procura pelas vacinas está grande em todas as UBS, pois as pessoas estão pensando que está acontecendo uma vacinação em massa”, complementa. 
Ainda segundo Luciano, a vacina meningo C está disponível para crianças de 3, 5 e 12 meses, além de ser um reforço para adolescentes de 11 anos a 14 anos. “Fora dessas idades, não há vacina”, conta. Em 2018, foi registrado um caso de meningite bacteriana em Apucarana, seis casos de meningite viral. Já neste ano, foram registrados dois casos: um de meningite viral e outro que ainda não foi identificado. As vacinas estão disponíveis em 23 UBS.
Em Arapongas, o secretário Municipal de Saúde, Moacir Paludetto Junior, destaca o aumento na procura acabou com os estoques nas 13 Unidades Básicas de Saúde (UBS) da cidade.  “Com a repercussão dos casos do neto Lula e do adolescente de Capanema, a procura foi intensa nos últimos dias”, reforça. De acordo com Moacir, a reposição vai ocorrer nesta semana.