Opinião

Entre reformas e reformas

| Edição de

No acompanhamento da conjuntura econômica nacional, sem considerar os efeitos das delações premiadas e das investigações da Lava Jato, podemos afirmar que temos muitos motivos para nos preocupar com o cenário de curto prazo de nossa economia.
O setor público consolidado encerrou o mês de fevereiro com um déficit primário recorde para o mês causado pelo aumento do déficit da Previdência. Da mesma forma a dívida bruta dos governos aumentou sensivelmente. Com efeito, os analistas de mercados começam a reavaliar suas expectativas para os indicadores de 2017 e 2018.