Política

Fim das coligações pode reduzir judicialização

| Edição de

O ministro Gilmar Mendes, do Supremo Tribunal Federal (STF), afirmou nesta sexta-feira, que o fim das coligações proporcionais pode reduzir o ativismo dos partidos políticos no Judiciário e a chamada “judicialização da política”, ou seja, a demanda para que a Justiça resolva conflitos da classe política, como no caso de leis aprovadas no Congresso Nacional.