Cidades

Funcionários da Prodasa votam por manutenção de paralisação

| Edição de

Após 25 dias de paralisação, os funcionários da Prodasa Alimentos, de Arapongas, receberam uma proposta da empresa para retomada do trabalho. De acordo com a assessoria do sindicato que representa a categoria, a empresa realizaria o pagamento do salário deste mês no dia 21 de janeiro e o saldo de atrasos anteriores seria parcelado. 
A proposta foi apresentada aos trabalhadores, e colocada em assembleia para uma votação de urna. A maioria dos funcionários não aceitou a proposta da empresa e decidiu pela continuação da greve. 
De acordo com o sindicato, os trabalhadores estão com salários atrasados, sem o pagamento de férias, 13º salário e quatro anos sem depósito do Fundo de Garantia por Tempo de Serviço (FGTS).