Opinião

Gravidez precoce é assunto que exige total seriedade

| Edição de

O aumento de casos de gravidez na adolescência coloca em alerta a 16ª Regional de Saúde (RS), de Apucarana, que abrange 17 municípios da região. Ao todo, 642 mulheres entre 10 e 19 anos deram à luz no ano passado. O número representa um aumento de 4% em relação a 2017, quando foram registrados 617 partos nesta faixa etária. Os dados tocam em um ponto polêmico, mas que precisa ser discutido: a educação sexual no Brasil.