Cidades

‘Inflação’ do aluguel assusta inquilinos

| Edição de

Proprietários de imóveis e locatários de toda a região estão em negociações a respeito dos reajustes de preços dos aluguéis para este ano. Isso porque o Índice Geral de Preços do Mercado (IGPM), usado como reajuste de aluguéis, fechou com alta de 23% no ano. Em uma economia fragilizada por conta da pandemia, locatários estão apreensivos com os reajustes e buscando acordos junto as imobiliárias.