Cidades

Instituições se unem em câmara de ensino superior de Apucarana

| Edição de


Com quatro instituições públicas e privadas instaladas e um universo de 6 mil acadêmicos em cursos de graduação presenciais, o polo de ensino superior de Apucarana vai ganhar maior representatividade com a formalização da Câmara de Ensino Superior de Apucarana (CESA). Com objetivos que incluem fortalecer e divulgar os cursos locais, estreitar laços com a comunidade e desenvolver estratégias conjuntas, a entidade será lançada oficialmente na próxima segunda-feira, em solenidade no auditório do Conselho Regional de Engenharia e Agronomia (CREA).
A Câmara vai contar com participação do campus local da Universidade Estadual do Paraná (Unespar), Universidade Tecnológica Federal do Paraná (UTFPR), Faculdade de Apucarana (FAP) e Faculdade Norte Novo de Apucarana (Facnopar) e foi estruturada para atuar nos moldes do Fórum Desenvolve Apucarana. Com ações desde 2013, o fórum é uma iniciativa da Associação Comercial, Industrial e de Serviços de Apucarana (Acia) baseada justamente na premissa da educação como fator de desenvolvimento.
Segundo o presidente da Acia, Jayme Leonel, a necessidade da criação de um organismo específico para o ensino superior foi sendo desenhada dentro dos encontros de trabalho promovidos pelo fórum. “Detectamos, nas reuniões, que uma parte significativa da comunidade não tem conhecimento sobre os cursos que são ofertados na própria cidade”, comenta Leonel, que esteve na Tribuna acompanhado de representantes das instituições envolvidas.
O trabalho de divulgação dos cursos faz parte da primeira pauta conjunta a ser organizada e discutida pela Câmara de Ensino Superior. As quatro instituições ofertam 38 cursos. “Inicialmente vamos focar a atuação nos cursos presenciais”, destaca Luiz Sérgio Hilário, do Desenvolve Apucarana.
A CESA também planeja atuar em pontos de interesse comuns entre as instituições, como o fortalecimento dos programas de extensão, a elaboração e divulgação de um calendário de eventos do ensino superior e a integração com a comunidade. “Temos uma grande quantidade de acadêmicos de fora circulando na cidade que tem necessidades e demandas específicas”, comenta a professora Rubiane Marques, da UTFPR. 
Para o diretor do campus da Unespar, Daniel Fernando Matheus Gomes, a criação da Câmara deve contribuir para criação de uma identidade do setor. “Apucarana é efetivamente um polo de ensino superior, mas ainda não é reconhecida por isso”, comenta.
O diretor da Facnopar, Danilo Lemos Freire, também destacou a importância de valorizar a formação ofertada no município.Também participou da visita o diretor da FAP, Lisandro Rogério Modesto. 
O lançamento da Câmara também contará com uma palestra da diretora de graduação EAD da UniCesumar e mestre em educação Kátia Coelho, que vai discorres sobre ensino superior às 19 horas.