Política

Lei que exige cobrador em todos ônibus gera polêmica

| Edição de

Uma lei municipal aprovada em 2013 pela Câmara de Vereadores está rendendo polêmica na elaboração do edital de licitação do transporte coletivo de Apucarana, que deve ser publicado em julho. De autoria do vereador José Airton Deco de Araújo (PR), a matéria determina que todos os ônibus do transporte coletivo do município mantenham “tripulação mínima” de duas pessoas, “sendo um cobrador e um motorista”. Os técnicos da Prefeitura que estão trabalhando no texto da licitação são contrários à manutenção do cobrador em todos os 65 veículos previstos para a frota da empresa vencedora da licitação. Eles defendem a manutenção da figura do cobrador, mas este só atuaria em horários de pico e linhas mais congestionadas.