Cidades

Licitação define empresa que vai retomar obras no Cine Fênix

| Edição de


A Prefeitura de Apucarana finalizou o processo licitatório que definiu a empresa responsável pela próxima etapa das obras do Cine Teatro Fênix. A Pires Construções e Empreendimentos, também de Apucarana, venceu o certame e deverá realizar as melhorias estruturais no prédio, orçadas em R$ 300 mil. A expectativa é de que a ordem de serviço seja assinada pelo prefeito Júnior da Femac (PDT) na semana do aniversário da cidade.
Esta etapa da obra, a primeira após paralisação de oito anos, será voltada para a redução de danos causados por aves, que infestaram o local durante os anos em que a construção ficou parada. Além disso, dispositivos de segurança também serão instalados, como explica o secretário municipal de Obras, Herivelto Moreno.
“Vamos realizar a instalação de janelas e realização de todo o acabamento necessário na fachada, como pintura. Essa ação, somado ao trabalho que será realizado na cobertura, vai impedir que as pombas continuem adentrando na estrutura. Além disso, todo o sistema contra incêndio também será contemplado”, diz ele.
De acordo com o edital, as janelas que serão instaladas terão esquadrias de alumínio. O documento prevê ainda uma limpeza geral no interior do edifício. Todo o investimento é proveniente de recursos da própria prefeitura. A empresa vencedora tem, a partir da data de assinatura da ordem de serviço, 180 dias para finalizar os trabalhos.
“Ainda não há uma data definida, mas a assinatura da ordem de serviço deverá fazer parte dos festejos de 75 anos da emancipação política de Apucarana, comemorada no dia 28 de janeiro deste ano”, diz Herivelto.
Iniciada em novembro de 2007, a reforma do edifício está paralisada desde 2010, quando a empreiteira vencedora da licitação apresentou incapacidades que levaram à rescisão contratual. Desde então, sem sucesso, a prefeitura busca novo convênio com o Governo do Paraná para conclusão do projeto.
Em 2015, diante das dificuldades de obtenção de cerca de R$1 milhão em recursos para a continuidade e conclusão da obra, a prefeitura anunciou mudanças em relação ao projeto original, que passou a ser chamado de ‘Centro Cultural Fênix’. A Secretaria Municipal de Obras estima que serão necessários mais R$ 500 mil para finalizar o prédio.
Com área de 1.580 m², o centro cultural tem três pavimentos mais o terraço. Quando concluído, deverá contar com espaços para biblioteca municipal e museu, entre outros ambientes. O local também vai garantir a acessibilidade a deficientes físicos e idosos, com a implantação de um elevador, com custo de R$ 150 mil. Em novembro último, a prefeitura revitalizou todas as 492 poltronas do cine teatro, com investimento de R$ 91 mil.