Cidades

Mais 27 vidas são perdidas na pandemia

| Edição de

Um empresário de Faxinal, um pioneiro de Rio Bom, um presbítero de Apucarana e uma cartorária de Marilândia do Sul. Esses são os perfis conhecidos dos 27 óbitos decorrentes de complicações do Covid-19 registrados no final de semana na região.
O bacharel em Direito e presbítero da Primeira Igreja Presbiteriana Independente de Apucarana, Ronaldo Fernandes de Freitas, de 62 anos, é uma das vítimas. Ele morreu na manhã de ontem. O prefeito Junior da Femac emitiu nota de pesar, lamentando a perda. “Manifesto em nome dos apucaranenses nossos sinceros sentimentos à família e amigos, pela morte do Ronaldo Fernandes de Freitas, vitimado também pela Covid-19. Que Deus dê consolo e forças a todos neste momento de dor e tristeza”, afirmou o prefeito. O sepultamento está previsto para ocorrer hoje, às 10 horas no Cemitério Cristo Rei.
A atualização do boletim da Autarquia Municipal de Saúde (AMS) de Apucarana trouxe ontem mais 7 óbitos, elevando para 211 o número total de perdas desde o início da pandemia, e 54 novos diagnósticos de covid-19. As mortes foram registradas entre o dia 1º de abril e ontem. São quatro mulheres de 25, 69, 62 e 73 anos e três homens de 60 e 78 anos. Todos morreram no Hospital da Providência de Apucarana. Apenas o paciente masculino de 60 anos não tinha quadro de comorbidades. 
Em Faxinal, dois óbitos foram registrados no final de semana. Um deles é de Nilson Lourenço, 48 anos, proprietário de um guincho e um supermercado na cidade. Ele faleceu no último sábado após 15 dias de internamento no Hospital da Providência. Faxinal soma 31 mortes na pandemia.
Um dos pioneiros de Rio Bom, Vicente Augusto de Godoi, de 64 anos, é o sexto morador do município vítima de covid. Godoi era violeiro e de família tradicional na cidade faleceu na manhã de ontem após sete dias internado. Amigos e familiares realizam cortejo em sua homenagem que seguiu até o sítio da família, no Bairro dos Godoi, passando pela Igreja Matriz.
A cartorária Rosa Maria de Andrade, 58 anos, é a 21ª moradora da cidade vítima da pandemia. Ela faleceu ontem. Muito conhecida na cidade, sua morte causou comoção.
REGIÃO
Outros municípios da região registraram óbitos com atualização de boletins municipais ou pela Secretaria de Estado da Saúde (Sesa) foram: Manoel Ribas (16º óbito), Kaloré (11º), Cambira (14º), Califórnia (13º) e Jandaia do Sul. Em Jandaia do Sul foram dois óbitos registrados no domingo e ontem. São duas mulheres de 46 e 83 anos. O município já perdeu 46 moradores na pandemia. Arapongas somou 6 mortes no sábado e domingo, data da publicação do último boletim.