Opinião

​ Onde sobra violência, falta empatia

| Edição de

Não é novidade para nenhum de nós, aqui no Brasil, o crescente aumento do fenômeno da violência. Basta acessar nossos meios de informações, que rapidamente somos tomados por inúmeros atos de violências que se sucedem em nossa sociedade. É muito preocupante o crescimento da violência e o aumento do estado de medo no qual as pessoas estão vivendo, principalmente porque nessas horas temos sempre a tendência em pensar menos e fazermos mais pelos esfíncteres. Aí mora o risco do oportunismo pela solução mais fácil, contudo, nem sempre a mais inteligente.