Cidades

Operação Atroz prende suspeitos em Faxinal e Borrazópolis

| Edição de

Dois homens suspeitos de participar de uma organização criminosa foram presos pela Polícia Militar (PM) durante a Operação Atroz e Irmandade na manhã de ontem (13), em Borrazópolis e Faxinal. Em Borrazópolis, a polícia local deu apoio na operação e foram apreendidos drogas, dinheiro, arma e munições. 
As duas prisões foram feitas em operação da PM deflagrada em quatro estados do Brasil com foco em Londrina, onde nove pessoas acabaram detidas. A operação conjunta, que ocorreu, simultaneamente, cumpriu 21 mandados de prisão e 59 mandados de busca e apreensão contra um grupo criminoso que atuava no Paraná e tinha integrantes em São Paulo, Mato Grosso e Maranhão. 
Os mandados foram expedidos pelo Poder Judiciário contra pessoas ligadas a crimes como tráfico de drogas, roubo e homicídios e foram cumpridos em Londrina, Cambé, Itambaracá, Jaguapitã, Apucarana, Rolândia, Bandeirantes, Santo Antônio da Platina, Andirá, Faxinal, Borrazópolis, Sertanópolis, Piraquara, e em Rondonópolis (MT), São Paulo (SP) e Lagoa da Pedra (MA). Em Apucarana não houve prisões. 
De acordo com a PM, a investigação em torno da quadrilha já durava cerca de um ano. As ações têm alvos em comum tratando-se do combate de quadrilha com várias ramificações configurando principalmente atividades de crime organizado. 
Foram cumpridos 21 mandados de prisão durante abordagens, 17 estão foragidos ou possuem localização incerta e 14 aguardam cumprimento em unidades prisionais nos próximos dias. Já dos 59 mandados de busca e apreensão, todos foram cumpridos. 
(ALINE ANDRADE)