Cidades

Problemas hídricos: meio ambiente deve ser preservado

| Edição de


A situação dos mananciais que abastecem as cidades da região do Vale do Ivaí é de alerta. A Companhia de Saneamento do Paraná (Sanepar) já emitiu um alerta para quatro municípios da região, para que fiquem atentos para o consumo de água, que aumentou substancialmente nas últimas semanas, muito por conta do forte calor que tem sido constante recentemente. Apesar da pequena trégua no final da tarde de ontem, a estiagem também tem contribuído fortemente para o agravo da situação. É preciso que as pessoas tomem consciência e façam a sua parte para poupar a água.
A recomendação de uso racional da água, feita pela Sanepar, é válida para os municípios de Godoy Moreira, Rosário do Ivaí, Lunardelli e Jardim Alegre, que juntos, aumentaram em 14% o uso da água, uma demanda estimada em cerca de 463 mil litros por dia. No entanto, isto não significa que os moradores das outras cidades não devam ficar atentos à situação. A chuva que caiu ontem em alguns municípios não foi nem de longe capaz de equacionar a situação.
Algo importante que deve ser ressaltado é que situações envolvendo ecologia e meio ambiente nunca aparecem isoladamente. A falta de chuvas e o calor excessivo, duas situações bem mais comuns nos últimos anos na região, são reflexo direto do que temos feito, em maior escala, com o planeta. A queima desenfreada de combustíveis fósseis, o desmatamento e a geração de grandes volumes de lixo acabam por afetar o clima, além de depredar patrimônios naturais.
Portanto, a proteção ao meio ambiente e o uso racional de recursos naturais, sobretudo os hídricos, é de extrema necessidade. Todos devemos adotar medidas que minimizem os impactos da ação humana ao planeta. Os reflexos já estão aparecendo e precisam estar no foco de todos. Os transtornos registrados pelos quatro municípios da região podem ter sido causados a quilômetros do Vale do Ivaí, mas fazer algo é dever de todos.