Cidades

Produtores calculam prejuízos da geada

| Edição de

O impacto da geada que atingiu a região no último final de semana foi grande para a agricultura. As culturas mais afetadas foram as hortaliças, que tiveram 100% de perdas nas plantações a céu aberto. As plantações de café, tomate, bananas e pastagem também foram bastante afetadas. A previsão é que os preços destes alimentos disparem nos próximos dias.  
De acordo com Adriano Nunomura, técnico do Departamento de Economia Rural (Deral) de Apucarana, que atende a 13 municípios na região, o levantamento está em fase preliminar, mas já aponta para grandes prejuízos em alguns setores. “Tivemos perdas significativas na produção de tomate em Marilândia do Sul e também nas bananeiras de Novo Itacolomi. Preliminarmente podemos dizer que 60% da produção das duas culturas foi atingida. Os levantamentos ainda estão sendo realizados, porém podemos esperar uma alta no quilo do tomate na região, que deve ultrapassar os R$ 10”, revelou. 
No caso do café, que está em fase de colheita, os frutos não foram atingidos, mas a próxima safra poderá ser prejudicada pelas folhas que foram queimadas nesta geada. “O café foi atingido, principalmente em Apucarana e Arapongas, mas como já está em fase de colheita e mais da metade já foi colhido, os reflexos dessa geada só serão sentidos na próxima safra, que deverá ter o potencial produtivo diminuído”, explicou o técnico.