Cidades

Projeto de lei reconhece Arapongas como Capital Moveleira Nacional

| Edição de


A Comissão de Cultura da Câmara Federal aprovou anteontem projeto do deputado paranaense Rubens Bueno (Cidadania), que confere ao município de Arapongas o título de Capital Moveleira Nacional. A cidade, com 121,1 mil habitantes, é o maior polo moveleiro do País. No projeto, que segue agora para a apreciação da Comissão de Constituição e Justiça (CCJ), o deputado destaca que a região de Arapongas concentra mais de 900 indústrias moveleiras, que geram cerca de 21 mil empregos. A cada 10 peças mobiliárias fabricadas no País, uma é fabricada no município.
O polo de Arapongas detém 10% das exportações brasileiras de móveis, além de atingir 9,97% de participação no Produto Interno Bruto (PIB) de móveis no Brasil.  “A concessão do título de Capital Moveleira Nacional ao Município de Arapongas é, portanto, uma homenagem àqueles que centram sua inteligência e seus recursos na busca de sempre melhores resultados técnicos na produção desse importante e rico setor moveleiro, assim como à comunidade, que sempre prestigia o segmento”, destaca Rubens Bueno no projeto.