Política

Santa Casa entrega balancetes à Câmara de Vereadores

| Edição de

O diretor administrativo da Irmandade Santa Casa de Arapongas, Durval Kuwano, informou ontem que protocolou na tarde de terça-feira, na Câmara de Vereadores, uma prestação de contas (balanço financeiro) da instituição referente aos períodos de 2015, 2016 e 2017. Só não protocolou o balanço de 2018 porque este será fechado somente em março.
Junto com esses balanços, a Santa Casa também enviou à Câmara um relatório de uma auditoria independente, contratada pela irmandade, analisando os resultados financeiros desses balanços, além de pareceres dos conselhos Fiscal e de Administração da Santa Casa. Também foi encaminhado um levantamento das dívidas da Santa Casa, que foi feito conforme solicitação da Femipa (Federação das Santas Casas de Misericórdia e Hospitais Beneficentes do Estado do Paraná).
Durval Kuwano acrescenta que, junto com esses documentos, a direção da Santa Casa também protocolou ofício à Mesa Executiva da Câmara de Vereadores solicitando desta a contratação de uma auditoria interna na Santa Casa de Arapongas.
Durval Kawano justifica que encaminhou esses documentos à Câmara atendendo a solicitação do próprio presidente da Casa, Osvaldo Alves dos Santos (PSC), o Osvaldinho, que na sessão ordinária de segunda-feira manifestou a sua intenção de saber a real situação da instituição de saúde. Na sessão, foi lido um Projeto de Lei de Iniciativa Popular, com cerca de 12 mil assinaturas, que autoriza o Município a repassar uma subvenção social à Santa Casa. É sabido que o hospital, que é referência em Arapongas e região no atendimento às gestantes, passa por graves problemas financeiros.