Colunas

Servidor afastado

| Edição de


O presidente da Câmara de Apucarana, Luciano Molina (Rede), determinou ontem o afastamento do servidor Júlio César Ravazzi dos Santos, oficial técnico legislativo, por um período de 60 dias ou até a conclusão de processo administrativo instaurado pela Câmara para averiguar sua estabilidade no cargo, uma vez que ele já está aposentado pelo INSS.  O afastamento foi solicitado pelo procurador jurídico da Casa, advogado Danylo Acioli, com base no Estatuto do Servidor Público Municipal, no seu artigo 164 que, conforme assinala, prevê o afastamento provisório enquanto se discute a sua estabilidade ou não. Uma comissão de processo administrativo foi formada para analisar a situação. Júlio César havia sido exonerado em junho deste ano, porém retomou o cargo via judicial.