Política

Tribunal de Justiça afasta servidor da Câmara de Apucarana

| Edição de

Julio Ravazzi deverá recorrer da exoneração, porém fora do cargo
A juíza substituta da 2ª Câmara Cível do Tribunal de Justiça do Paraná (TJ-PR), Ângela Maria Machado Costa, suspendeu a liminar que restituía Julio César Ravazzi Santos ao trabalho na Câmara de Vereadores de Apucarana. Na prática, o ex-servidor, que foi exonerado em dezembro de 2019, deve continuar recorrendo da exoneração afastado do cargo que ocupava.