Médico José Cervantes fala sobre dependência de carboidratos

| Edição de
Médico José Cervantes fala sobre dependência de carboidratos

Nas orientações alimentares do consultório, no dia a dia, sempre explicamos sobre a necessidade de se ingerir os carboidratos integrais ao invés dos produtos beneficiados (arroz branco), ou refinados (farinha branca, açúcar), etc.

O que escutamos da maioria dos pacientes é que eles não gostam dos integrais ou que enjoam fácil quando os comem repetitivamente. Uma boa estratégia seria cortar pelo menos uns 50% do arroz branco e dos doces e da farinha branca, pelo menos no início do tratamento. Uma boa cortada nesses alimentos não integrais, já ocasionam uma melhora metabólica que vai trazendo menor vontade de comê-los, progressivamente.

Pessoas muito obesas que já se encontram dependentes de refrigerantes, doces ou massas ou pão branco tem mais dificuldade de fazer essas substituições quando estão muito ansiosas ou usam o carboidrato para suprir suas crises de glicemia baixas quando ficam muito tempo sem comer. Nesses casos torna-se necessário um tratamento medicamentoso associado às mudanças alimentares para que o paciente consiga se libertar do círculo vicioso de comer e querer mais, engordar, e querer comer ainda mais, podendo levar à obesidade mórbida. 

A obesidade tem múltiplas causas. Saber traquejá-la e melhor tratá-la faz com que o paciente se sinta menos impotente aos seus resultados ou tentativas frustras de emagrecer. O Endocrinologista é o especialista capaz de conduzir e de ensinar o paciente a conduzir esse leme, o do emagrecimento.