Preenchimentos e harmonização facial

| Edição de
Preenchimentos e harmonização facial

Já ouviu falar de harmonização facial? A dentista Marina Rechi, de Apucarana, explica que nada mais é que o conjunto de procedimentos combinados como toxina botulínica (botox), preenchimentos, fios, hidratação profunda da pele que contribui para um equilíbrio estético e funcional da face. “Como trabalho com harmonização facial no meu dia a dia acabo me deparando sempre com dois pontos: beleza e autoestima”, conta. 

Entre os mais procurados na clínica de Marina está a toxina botulínica, preenchedores e hidratação profunda da pele (skinbooster) e fios de PDO, que estimulam o colágeno. “A toxina botulínica atua no sentido de relaxar a musculatura suavizando as marcas de expressões. O produto dura cerca de 3 a 6 meses no rosto e é indicado para corrigir expressões na testa, glabela (entre sobrancelhas), o famoso “pé de galinha” ao redor dos olhos, cara de triste, região de pescoço, cefaleias de origem tensional, tratamento de bruxismo entre outras indicações”, ressalta. 

Já o preenchimento facial, segundo Marina, o mais procurado é com ácido hialurônico, que atua no sentido de preencher e esculpir a face, devolvendo volume perdido com os anos, ou somente fazendo um papel de embelezamento ou seja, realçando os pontos de beleza no rosto masculino e feminino. “O ácido hialurônico se trata de um açúcar, produzido pelo nosso organismo, que está presente em nossos órgãos e articulações”, reforça. 

Com o ácido, de acordo com a dentista é possível realizar: contorno mandibular, projeção de queixo, preenchimento da calha lacrimal, pequenas correções no nariz, lábios, realçar as maçãs do rosto para deixar o efeito “blush” mais evidente, sulco nasolabial (famoso bigode chinês), hidratação profunda da pele que seria o skinbooster, entre outros. 

Já os fios de PDO (ou fios de polidioxanona), Marina explica que não causam danos ao organismo e são absorvidos ao longo do tempo, estimulando a produção de colágeno nas regiões onde são inseridos, mantendo a pele mais firme. “Para se ter um tratamento mais natural, precisa realizar uma avaliação criteriosa, para saber quais pontos no paciente realçar”, esclarece. 

Esses procedimentos, segundo a dentista, são realizados no consultório, podendo retornar às atividades do dia normalmente evitando atividades físicas. Seguindo as orientações do profissional. “Em algumas áreas usamos anestesia intra-oral (de dentista), tornando o procedimento indolor. Assim como na hidratação profunda, quando usamos pomada tópica, tornando o procedimento bem suportável”, complementa.