Psoríase fere mais que a pele. Médico fala sobre a doença e estatísticas

| Edição de
Psoríase fere mais que a pele. Médico fala sobre a doença e estatísticas

A artrite psoriásica une as manifestações cutâneas da psoríase com os sintomas articulares, diversas estatísticas indicam que 6% - 42% dos indivíduos com psoríase desenvolvem artrite psoriásica. Segundo o reumatologista Gustavo Fassina, de Apucarana, a doença pode se iniciar em qualquer idade, mas comumente aparecem os primeiros sintomas entre 20 – 45 anos, tanto homens quanto mulheres são igualmente acometidos.

Em aproximadamente 75% das ocasiões, de acordo com o médico, as lesões cutâneas da psoríase precedem o aparecimento das queixas articulares em um período de meses a vários anos. Em cerca de 15%, o início da artrite e psoríase são concomitantes e em outros 10% dos pacientes, as manifestações articulares precedem o início das cutâneas, portanto dificultando muito o diagnóstico.
Virtualmente, qualquer articulação do corpo pode ser envolvida nesta doença quando envolve os dedos das mãos, pés, joelhos, tornozelos são de fácil reconhecimento pelo paciente, pois além da dor irá perceber que estão quentes, avermelhadas e inchadas. “Já quando acomete a coluna, quadril muitas vezes o paciente só notará dor e a limitação de mobilidade nestas articulações”, explica.
Assim como na espondilite anquilosante, que já foi abordada em matéria anterior com entrevista cedida pelo reumatologista, a artrite psoriásica quando acomete a coluna, os pacientes queixam-se de dor lombar que melhora com o exercício, melhora ao caminhar, muitas vezes acorda o paciente à noite pela dor.

Portanto, ainda na opinião do médico, não há um exame que auxilie no diagnóstico, além de que não há relação entre a extensão das lesões cutâneas e a gravidade da artrite, a presença de psoríase discreta pode passar despercebida ao paciente e ao médico, por isso é necessária uma avaliação muito criteriosa da pele nesses casos em buscas de possíveis lesões. “O tratamento é direcionado conforme o padrão de acometimento das articulações, envolve anti-inflamatórios, imunossupressores sintéticos e imunobiológicos”, completa.