Política

Associação de funcionários quer suspender nomeação de Abraham Weintraub

| Edição de

A Associação de Funcionários do Banco Mundial enviou uma carta ontem ao Comitê de Ética da instituição pedindo uma investigação sobre o ex-ministro da educação do Brasil, Abraham Weintraub. O grupo quer que a nomeação do brasileiro para assumir uma diretoria executiva do banco fique suspensa até a conclusão desta investigação.