Política

Em carta à nação, Bolsonaro nega intenção de agredir Supremo

| Edição de

Dois dias depois de dizer a apoiadores em uma manifestação em São Paulo, que não iria mais cumprir decisões do ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Alexandre de Moraes, o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) divulgou nesta quinta-feira um texto intitulado “Declaração à Nação” no qual afirma que nunca teve “intenção de agredir quaisquer dos poderes”. Segundo afirma o presidente no texto, suas “palavras, por vezes contundentes, decorreram do calor do momento”.