Cidades

Procura cresce e gera fila de espera por moto zero km

| Edição de

A venda de motos cresceu durante a pandemia em Apucarana e Arapongas. Em uma das concessionárias ouvidas pela Tribuna o aumento foi de 50% no primeiro semestre deste ano, em comparação com o mesmo período do ano passado. A alta, impulsionada  pelo encarecimento do combustível - que estimula a busca por meios de transporte mais econômicos - e pelo aquecimento no setor de delivery, só não foi maior porque faltam veículos em função das fabricantes que estão sem matéria-prima para a produção. Por conta disso, o tempo de espera é de até 60 dias.