Cidades

Apucarana terá Centro de Apoio ao Surdo

| Edição de



A Secretaria de Estado da Educação vai abrir quatro novos Centros de Apoio ao Surdo e aos Profissionais da Educação de Surdos (CAS) em Apucarana, Cascavel, Francisco Beltrão e Umuarama. Cerca de 14 mil pessoas surdas serão beneficiadas com a medida. A previsão é que as atividades iniciem em janeiro.
Os centros são espaços dedicados à capacitação de profissionais da área, como tradutores e intérpretes de Língua Brasileira de Sinais (Libras) e professores bilíngues surdos e ouvintes. Os cursos são ofertados preferencialmente a profissionais da rede estadual, mas também estão disponíveis para professores de outras redes e comunidade escolar.
O CAS de Apucarana vai funcionar dentro do Núcleo Regional de Educação (NRE), a atenderá os NREs de Cornélio Procópio, Ibaiti, Jacarezinho, Londrina, Maringá, Telêmaco Borba, e Wenceslau Braz, somando uma população de 5.259 pessoas surdas
A equipe de cada CAS é composta por profissionais surdos e ouvintes da Secretaria da Educação, incluindo pedagogos, professores e tradutores e intérpretes de Libras.
De acordo com a chefe do Departamento de Educação Especial da secretaria, Siana do Carmo de Oliveira Franco Bueno, o Paraná contava desde 2010 com um Centro de Apoio ao Surdo e aos Profissionais da Educação de Surdos em Curitiba que atendia todo o Estado. “Em março de 2018 foi inaugurado um CAS em Guarapuava”, explica.
Segundo a chefe do NRE de Apucarana, Maria Onide Balan Sardinha, a implantação do centro é uma conquista importante. “Vamos prestar atendimentos que precisavam ser feitos em Curitiba”, comenta.
Ela destaca que duas salas do NRE estão sendo preparadas para atuação dos profissionais especializados. “A instalação desse centro, que terá caráter regional é uma conquista importante para o NRE e para a região”, comenta