Cidades

Ongs se adaptam ao ‘novo normal’

| Edição de

Entidades assistenciais da região mudaram drasticamente a rotina de atendimentos por conta da pandemia de coronavírus. Sem poder realizar atividades presenciais, algumas precisaram se adaptar ao atendimento remoto e até mesmo, adotar outras medidas de assistência às famílias cadastradas. A queda na receita financeira também já atinge algumas instituições.